Pesquisar neste blogue:

Contador de Visitas:

Web stats powered by www.clubstat.com

Outros pontos de visita:

Ocorreu um erro neste dispositivo

Temas e Assuntos:

Arquivo do blogue

Colaboradores do blog:

-» Futebol

-» T Nogueira

-» Nuno Texas

-» António Fonseca

-» João Miguel Pereira

-» Marcelo Santos

-» Guilherme Pannain

-» Geração Benfica

-» Tiago Ferreira

-» Livre Directo

-» Bruno Miguel Espalha

Onde param as jovens estrelas?

Publicada por Futebol sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Nacional de juniores termina tarde e prejudica integração nos seniores

A partir do momento em que o Campeonato Nacional de Juniores termina a 27 de Junho, torna-se muito subjectivo falar-se da importância do primeiro ano de sénior no jovem atleta. Isto porque as temporadas profissionais começam imediatamente a seguir. Ou seja, mais do que o cansaço mental inerente à própria competição, o jovem atleta é confrontado com uma mudança radical num curto espaço de tempo.

Faria mais sentido falar no segundo ano de sénior. Porém, apesar da conjuntura não ser propícia, os clubes têm tentado contornar a situação. No passado fim–de–semana, no Estádio do Dragão, um jovem avançado deu nas vistas. Tiago Cintra foi dos melhores elementos dos leixonenses, criando perigo de forma constante e mostrando uma mobilidade assinalável. Há dois anos, Tiago Cintra era a referência ofensiva dos juniores do Futebol Clube do Porto que perderam o campeonato no último minuto da competição.

Tiago Cintra é um dos produtos do primeiro ano de trabalho de Patrick Greveraars. O técnico holandês ainda não conseguiu nenhum título jovem em Portugal – excepção parcial é a "Liga Intercalar" – mas o seu trabalho tem dado muitos frutos na formação dos jogadores. Na passada temporada André Pinto foi titular no Santa Clara, dando o salto para o Vitória de Setúbal já esta época; no Olhanense, Stephane e André Castro foram fundamentais na subida de divisão dos algarvios; e Tengarrinha foi titular na segunda metade da época no Estrela da Amadora, depois de ter feito parte dela sob as ordens de Jesualdo Ferreira. Este ano Josué tem mostrado qualidade no Sporting da Covilhã.

O Benfica tem trilhado um caminho semelhante, mas com menos resultados. O Desportivo de Aves serviu de trampolim para Miguel Vítor e hoje continua a ser a casa de Romeu Ribeiro. Já Ruben Lima saiu do Aves após uma boa temporada para ingressar no Vitória de Setúbal. André Carvalhas é que teve mais dificuldades: depois de uma época a rodar no Rio Ave e no Olhanense, o extremo benfiquista faz hoje parte da equipa do CD Fátima, juntamente com João Pereira e David Simão. José Alves "Coelho", que não era titular na temporada passada, conseguiu ingressar no Paços de Ferreira, da I Liga

O Sporting também tem os seus jogadores espalhados por vários clubes, mas a sua estratégia é um pouco diferente. Os leões têm oito jogadores emprestados ao Real Massamá, da II Divisão, formando uma espécie de formação B. É lá que evoluem nomes como Vítor Golas, André Martins, Diogo Rosado ou Wilson Eduardo. Mas os leões, como se sabe, sempre tiveram uma especial predilecção para aproveitarem os jogadores das suas camadas de formação. O exemplo mais recente é o de André Marques.

Uma forma eficaz de se dar ao jovem jogador o primeiro contacto com os seniores foi a Liga Intercalar. Usando muitos jogadores juniores, os três grandes puderam oferecer aos jovens uma experiência diferente e no F.C.Porto o caso foi mesmo de sucesso: no jogo da final, frente ao Mafra, apenas Hugo Ventura e Rabiola não eram juniores.

Para uma melhor compreensão, aqui fica o actual clube do onze base dos ex-juniores do F.C.Porto, Benfica e Sporting.

FUTEBOL CLUBE DO PORTO:

Ruca
(Marítimo), Ivo Pinto (Vitória de Setúbal), Raphael (Figueirense-Brasil), Aboudalye (F.C.Porto juniores), Massari (Figueirense-Brasil), Ramón (F.C.Porto juniores), Ricardo Dias (F.C.Porto juniores), Josué (Sporting da Covilhã), Jorge Chula (Tourizense), Diogo Viana (VVV Venlo-Holanda) e André Claro (F.C.Porto juniores).

SPORT LISBOA E BENFICA:

Pedro Miranda
(Odivelas), Abel Pereira (Mafra), João Pereira (Fátima), Roderick Miranda (Benfica juniores), Mário Rui (Benfica juniores), Leandro Pimenta (Beira-Mar), Danilo Pereira (Benfica juniores), Domingos Silveiro "Adul" (Benfica juniores), Lassana Camará (Benfica juniores), Ishmael Yartey (Beira-Mar) e Nélson Oliveira (Benfica juniores).

SPORTING CLUBE DE PORTUGAL:

Víctor Golas
(Real Massamá), Cédric Soares (Sporting juniores), Nuno Reis (Sporting juniores), Pedro Mendes (Real Massamá), Michael Santos (????), Diogo Amado (Real Massamá), André Martins (Real Massamá), Diogo Rosado (Real Massamá), Renato Neto (Sporting juniores), Wilson Eduardo (Real Massamá) e Amido Baldé (Sporting juniores).

Texto: Gil Nunes In: Academia de Talentos.

0 golos

Enviar um comentário

No Futebol "O Desporto Rei" todos os comentários são aceites, desde que os mesmos não contenham qualquer tipo de palavreado não adequado, que impere o respeito e que não sejam com o intuito de fazer apenas e só publicidade. Para este último aspecto, assim como para eventuais trocas de links, façam o favor de nos contactar para o nosso endereço de email (Gmail).

ESTAMOS NAS REDES SOCIAIS:

ESTAMOS NAS REDES SOCIAIS:
Adiciona-nos e ajuda-nos a divulgar um projecto que pretendemos retomar em breve.

Followers

Parcerias:

Parcerias:
A Mística Azul e Branca traz-nos o "Poder Portista".

A Norte de Alvalade traz-nos "De Leão ao peito".

O Blog Geração Benfica traz-nos "Benfica by GB".