Pesquisar neste blogue:

Contador de Visitas:

Web stats powered by www.clubstat.com

Outros pontos de visita:

Ocorreu um erro neste dispositivo

Temas e Assuntos:

Arquivo do blogue

Colaboradores do blog:

-» Futebol

-» T Nogueira

-» Nuno Texas

-» António Fonseca

-» João Miguel Pereira

-» Marcelo Santos

-» Guilherme Pannain

-» Geração Benfica

-» Tiago Ferreira

-» Livre Directo

-» Bruno Miguel Espalha

Mundial 2010: "Breves" sobre o Grupo A

Publicada por Futebol quinta-feira, 10 de junho de 2010

África do Sul

Destaque: Steven Pienaar, M – Everton

Treinador: Carlos Alberto Parreira (Brasil)

A trajetória da África do Sul começou com Parreira e terminou com ele. Após a Copa Africana de Nações de 2008, Parreira deixou o comando alegando problemas particulares. Voltou ao Brasil e indicou à Federação Local, um outro brasileiro Joel Santana aceitou o convite sem nunca ter dirigido uma seleção. Fez boa participação na Copa das Confederações ano passado, quando chegou entre os quatro melhores colocados. Depois de alguns aus resultados saiu do cargo dando novamente lugar a Parreira, campeão mundial com o Brasil, em 1994. Como anfitriã desta Copa, a África poderá quebrar uma sequência de anos. Nos últimos anos todos os países que sediaram a Copa passaram da primeira fase. Este grupo é dificil e os Bafana Bafana não terão vida fácil. Parreira deixou o principal nome sulafricano de fora, o astro Benni McCarthy que jogou a Copa de 1998. Porém o destaque fica por conta do habilidoso meia Pienaar, jogador do Everton.

França

Destaque: Yoan Gourcuff, M - Bordeaux

Treinador: Raymond Domenech

A situação francesa não é nada animadora. Tem tudo para repetir a péssima campanha da Copa do Mundo de 2002, quando foi eliminada na primeira fase. Classificou de forma vexatória. Com um gol de mão irregular, de Henry, na repescagem contra a Irlanda. O técnico Raymond Domenech, o mesmo que levou o país ao vice campeonato no último Mundial, é detestado por parte dos franceses. Após a Copa, a federação local já anunciou que Laurent Blanc, ex-zagueiro da seleção na Copa de 1998 e antigo treinador do Bordeaux, irá assumir no lugar de Domenech. Após três edições, os Bleus não terá Zidane, melhor jogador francês da última década. O apagado Henry, do Barcelona é o principal nome da seleção. O jogador foi bastante irregular na temporada 2009/10 ficando por várias ocasiões no banco de suplentes. Yoan Gourcuff é outro nome que pode arrebentar pela França. Fez uma excelente temporada com o Bordeaux e jogador da nova geração.


México

Destaque: Rafa Marquez, D- Barcelona

Treinador: Javier Aguirre

O treinador mexicano projeta no mínimo a classificação para as quartas-de-final. O time é formado por jogadores experientes e jovens expoentes da nova safra mexicana. Giovani dos Santos, cria do Barcelona que atua no Galatasaray é o principal jovem. Com idade mais avançada, Blanco retorna a seleção para comandar dentro de campo a equipe. Blanco tem 37 anos e atua no futebol norte-americano. Ao seu lado outro experiente. Rafa Marquez, jogador do Barcelona. Rafa é o capitão da Tri A estreia será contra os donos da casa. Uma vitória pode colocar o time em boa situação, já em caso de derrota, Javier Aguirre terá dificuldades de um possível avanço à segunda fase.

Uruguai

Destaque: Diego Forlán, A- Atlético de Madrid

Treinador: Oscar Tabarez

2006 a Celeste não esteve presente no Mundial da Alemanha. Na Copa de 2002, o time também foi mal. Terminou na 26º posição. Péssima campanha. Voltar ar origens e repetir os mesmos resultados dos primeiros Mundiais será difícil. A Celeste Olímpica já não mete medo nos adversários. A classificação para este mundial foi de forma sofrida. O time venceu a Costa Rica, quarta colocada na CONCACAF, na repescagem. O goleiro desta seleção não é dos melhores, porém o time compensa com bons jogadores de linha. O capitão é Lugano, excelente zagueiro. Atua no Fenerbahçe e teve excelente passagem pelo Brasil, quando atuou pelo São Paulo. Além de Diego Lugano, a dupla de ataque é poderosissíma. Diego Forlán, campeão com o Atlético de Madrid da Euroliga, e Luis Suarez, atacante que brilhou no Ajax.

Nota: Post feito por Guilherme Pannain, novo colaborador do Futebol "O desporto rei".

0 golos

Enviar um comentário

No Futebol "O Desporto Rei" todos os comentários são aceites, desde que os mesmos não contenham qualquer tipo de palavreado não adequado, que impere o respeito e que não sejam com o intuito de fazer apenas e só publicidade. Para este último aspecto, assim como para eventuais trocas de links, façam o favor de nos contactar para o nosso endereço de email (Gmail).

ESTAMOS NAS REDES SOCIAIS:

ESTAMOS NAS REDES SOCIAIS:
Adiciona-nos e ajuda-nos a divulgar um projecto que pretendemos retomar em breve.

Followers

Parcerias:

Parcerias:
A Mística Azul e Branca traz-nos o "Poder Portista".

A Norte de Alvalade traz-nos "De Leão ao peito".

O Blog Geração Benfica traz-nos "Benfica by GB".