Pesquisar neste blogue:

Contador de Visitas:

Web stats powered by www.clubstat.com

Outros pontos de visita:

Ocorreu um erro neste dispositivo

Temas e Assuntos:

Arquivo do blogue

Colaboradores do blog:

-» Futebol

-» T Nogueira

-» Nuno Texas

-» António Fonseca

-» João Miguel Pereira

-» Marcelo Santos

-» Guilherme Pannain

-» Geração Benfica

-» Tiago Ferreira

-» Livre Directo

-» Bruno Miguel Espalha

Mundial 2010 - Grupo B: Rescaldo da 1ª Fase

Publicada por GeracaoBenfica terça-feira, 22 de junho de 2010

Na antevisão de ontem, a propósito do rescaldo à 2a jornada da 1a fase, eu tinha previsto a passagem à fase seguinte da Coreia do Sul e da Argentina. Confirmou-se!


Com um empate a duas bolas, num jogo de emoções em que um golo fazia toda a diferença, face ao empate a dois golos conseguido na segunda parte com um penalty infantil cometido pelos coreanos, que assim passaram à fase seguinte.

O jogo pareceu sempre controlado pelos coreanos, mas depois do empate num penalty perfeitamente evitável a Nigéria ainda teve algumas chances para marcar o terceiro golo que ditaria a passagem dos africanos e afastamento dos Sul Coreanos. Um jogo de emoções, nem sempre bem jogado, mas com incerteza até ao último minuto.

O jogo começou com um golo vindo do nada, face à baixa produção atacante da Nigéria, aos 12 da primeira parte, marcado por Uche. Com Ji Sung Park como homem do jogo a liderar a reviravolta, os Sul Coreanos chegaram ao empate aos 38' Jung Soo Lee e iniciaram a segunda parte com a reviravolta por Chu Young Park. Como já disse atrás, um penalty infantil levou a Coreia do Sul a sofrer metade de toda a segunda parte, pois um golo que desfizesse a igualdade valia a passagem da Nigéria.

No outro jogo do Grupo a única incerteza era o fantástico problema com que se debatia Maradona. A querer descansar algumas pedras basilares da equipa, jogou "apenas" com Aguero, Palermo e Milito em vez de DiMaria, Higuain ou Tevez... e ainda deu para descansar Heinz, enfim... luxos!

Mesmo assim com sete jogadores que não fizeram parte do último onze, e novamente com Messi como MVP, a Argentina passeou frente à Grécia com os golos a chegarem nos últimos 15 minutos do encontro por Demichelis (que se redimiu da "oferta" do último jogo) e por Palermo, que marcou aos 89' - dez minutos depois de ter entrado.

Compreensivamente, o ritmo de jogo e o entrosamento da equipa não foram os melhores, mas deu para "treinar" perante uma sofrível selecção grega que só não levou mais graças a Tzorvas. Com dois os golos a nascerem num canto e num ressalvo (de mais uma boa jogada e remate de Messi - cuja bola teima em não entrar), a Argentina passa assim só com vitórias à fase seguinte.

Na próxima fase jogarão os invictos Uruguai com a Coreia do Sul e a Argentina com o México num duelo Sul/Centro Americano.

0 golos

Enviar um comentário

No Futebol "O Desporto Rei" todos os comentários são aceites, desde que os mesmos não contenham qualquer tipo de palavreado não adequado, que impere o respeito e que não sejam com o intuito de fazer apenas e só publicidade. Para este último aspecto, assim como para eventuais trocas de links, façam o favor de nos contactar para o nosso endereço de email (Gmail).

ESTAMOS NAS REDES SOCIAIS:

ESTAMOS NAS REDES SOCIAIS:
Adiciona-nos e ajuda-nos a divulgar um projecto que pretendemos retomar em breve.

Followers

Parcerias:

Parcerias:
A Mística Azul e Branca traz-nos o "Poder Portista".

A Norte de Alvalade traz-nos "De Leão ao peito".

O Blog Geração Benfica traz-nos "Benfica by GB".