Pesquisar neste blogue:

Contador de Visitas:

Web stats powered by www.clubstat.com

Outros pontos de visita:

Ocorreu um erro neste dispositivo

Temas e Assuntos:

Arquivo do blogue

Colaboradores do blog:

-» Futebol

-» T Nogueira

-» Nuno Texas

-» António Fonseca

-» João Miguel Pereira

-» Marcelo Santos

-» Guilherme Pannain

-» Geração Benfica

-» Tiago Ferreira

-» Livre Directo

-» Bruno Miguel Espalha

Mundial 2010 - Grupo H: Poder bávaro na Suíça

Publicada por Ricardo Cardoso sexta-feira, 11 de junho de 2010

Quando falamos em Suíça, falamos de Ottmar Hitzfeld, o antigo treinador alemão que conquistou os maiores títulos na vizinha Alemanha, com duas Taça da Liga dos Campeões representando o Borussia Dortmund e o Bayern Munique, entre outros títulos entre a Alemanha e Suíça, mas foi na Suíça que jogou maior parte da sua carreira como futebolista, defendendo o Basel (1971-75), o Lugano (1978-80) e o Lucerna (1980-83).

Mas falando da selecção, esta para se qualificar, a Suíça teve uma fase de qualificação bem conseguida, tendo ficado em primeiro lugar no Grupo 2, com 21 pontos conquistados. Logo atrás ficou a Grécia, somente a um ponto dos helvéticos - de notar que os gregos foram campeões europeus em 2004, logo o país dos chocolates e relógios, não se atrasaram em qualificarem-se à frente deles. Os helvéticos são frequentes na Alemanha, por isso não será difícil para o patrão da selecção ter problemas linguísticos.

Quanto a estrelas os suíços têm as esperanças no extremo Barnetta do Bayern Leverkunsen; para além dele, também destaca-se os jogadores de meio campo, Gelson Fernandes e Behrami são bons destruidores de jogo como a o construir, particularizando Gelson; na defesa os laterais Ziegler e Lichtsteiner não deixam a marcação por mãos alheias e para além disso são bons a atacar. Não esquecendo atrás da defesa, o guarda redes Diego que teve no Nacional da Madeira e que mostrou serviço sendo um dos melhores, naquela posição no campeonato. Por último mas não menos importante, porque é de onde normalmente vem os golos, o lado contrário, o ataque está ocupado por Derdiyok, jogador do Bayern Leverkusen, o seu companheiro, Behrami, que joga em Inglaterra no West Ham, são os possíveis titulares mas terão acompanhamento de Yakin ou Frei, que poderão entrar nas contas (este último é nulo, devido à não saber-se a gravidade da lesão que teve no último treino) mas o mais provável, será Albert Bunjaku.

A nível táctico pelo que pesquisei estes poderão jogar em dois/três esquemas tácticos, o mais utilizado é o 4-4-2 mas para certas situações o 4-5-1 poderá ser utilizado (ou então o 4-4-1-1), este último para defender. Aqui fica uma imagem do esquema táctico que o seleccionador adoptou.
Imagem: Preleção

0 golos

Enviar um comentário

No Futebol "O Desporto Rei" todos os comentários são aceites, desde que os mesmos não contenham qualquer tipo de palavreado não adequado, que impere o respeito e que não sejam com o intuito de fazer apenas e só publicidade. Para este último aspecto, assim como para eventuais trocas de links, façam o favor de nos contactar para o nosso endereço de email (Gmail).

ESTAMOS NAS REDES SOCIAIS:

ESTAMOS NAS REDES SOCIAIS:
Adiciona-nos e ajuda-nos a divulgar um projecto que pretendemos retomar em breve.

Followers

Parcerias:

Parcerias:
A Mística Azul e Branca traz-nos o "Poder Portista".

A Norte de Alvalade traz-nos "De Leão ao peito".

O Blog Geração Benfica traz-nos "Benfica by GB".