Pesquisar neste blogue:

Contador de Visitas:

Web stats powered by www.clubstat.com

Outros pontos de visita:

Ocorreu um erro neste dispositivo

Temas e Assuntos:

Arquivo do blogue

Colaboradores do blog:

-» Futebol

-» T Nogueira

-» Nuno Texas

-» António Fonseca

-» João Miguel Pereira

-» Marcelo Santos

-» Guilherme Pannain

-» Geração Benfica

-» Tiago Ferreira

-» Livre Directo

-» Bruno Miguel Espalha

Mundial'2010: Holanda vence Brasil por 2-1 e apura-se para as Meias-Finais

Publicada por João Miguel Pereira sexta-feira, 2 de julho de 2010

A selecção holandesa de Futebol venceu esta tarde a sua congénere do Brasil por 2-1, em jogo a contar para os Quartos-de-Final do Campeonato do Mundo de 2010, disputado no Estádio Nelson Mandela Bay, em Port Elizabeth.

Com este triunfo a Holanda apura-se para as Meias-Finais, onde irá defrontar o vencedor do encontro entre o Uruguai e o Gana, que se disputa hoje, a partir das 19h30 (hora de Portugal Continental), no Estádio Soccer City, em Joanesburgo.

Crónica do Jogo:

A primeira partida dos Quartos-de-Final desde Mundial começou de forma rápida e bastante emotiva, com algumas oportunidades de golo para ambas as equipas.

Aos 10 minutos, Felipe Melo aproveita um buraco na defesa holandesa, e faz um passe espectacular para Robinho, que na "cara" de Stekelenburg remata para o fundo da baliza adversária, fazendo desta forma o 1-0 para a equipa "canarinha".

A partir daí, a Holanda começa a subir mais no terreno, à procura do empate, mas a defesa brasileira conseguiu sempre tapar todos os "buracos", apesar de se encontrar bastante nervosa, pois os jogadores discutiam entre si após cada ataque holandês.

Assim, o Brasil chegou ao intervalo em vantagem, resultado justo, mas um pouco penalizador para a equipa europeia, que até fez uma boa exibição.


Na segunda parte, tudo mudou, pois a formação de Bert van Marwijk apareceu mais solta, mais determinada, mais "agressiva" e tremendamente mais eficaz.

No entanto, o golo do empate só surgiu depois de uma infelicidade de Felipe Melo, que não conseguiu comunicar da melhor maneira com o guardião Júlio César, e acabou por chocar com este, tocando a bola para o fundo da própria baliza. Como para a FIFA não há auto-golos, o tento irá ser creditado a Wesley Sneijder, que foi o último holandês a tocar na bola, antes desta "beijar" as redes defendidas pelo "keeper" do Inter de Milão.

Com este golo, o jogo animou e a equipa da Holanda também, partindo para uma exibição fabulosa a todos os níveis.

Aos 68 minutos, e após uma jogada inofensiva, Júlio César cede pontapé de canto, que é marcado por Robben. O avançado envia a bola para o primeiro poste, onde está Kuyt, que com um pequeno toque engana a defesa do Brasil. No meio de tanta atrapalhação, todos se esquecem de Sneijder, que completamente solto coloca a bola dentro da baliza do Brasil, fazendo desta forma o 2-1 favorável à "Laranja Mecânica".

O Brasil ainda tentou reduzir a desvantagem, e até estava a conseguir "reentrar" na partida, mas Felipe Melo resolve estragar toda a estratégia de Dunga ao agredir Aarjen Robben com um pontapé na barriga, sendo expulso de imediato. Minutos antes, e sabendo que o jogador brasileiro não tem um temperamento fácil, Bert Van Marwijk tinha pedido ao seu pupilo para atacar pelo lado direito, aproveitando as fragilidades tácticas do seu adversário. A ideia do técnico holandês revelou-se perfeita, podendo ser até considerada como a "chave do jogo".

Com menos 1 elemento, o Brasil "acabou", mas ainda assim criou algumas oportunidades de golo, protagonizadas por Robinho e Kaká, embora sem êxito.

Nos últimos 15 minutos, assistiu-se a um jogo totalmente "partido", pois a bola só circulava nas grandes áreas das duas selecções, já que o Brasil procurava o golo do empate e a Holanda procurava o 3-1 para "matar" definitivamente todas as esperanças brasileiras.

O técnico holandês, que sentado no banco conseguiu fazer uma exibição de luxo, ajudando bastante a sua equipa, fez duas substituições, mudando por completo o estilo de jogo, pois a Holanda começou a "congelar" a bola, irritando ainda mais os brasileiros, que terminaram o jogo berrando impropérios e tentando agredir os jogadores holandeses e até o árbitro.

Com esta vitória, a Holanda consegue vencer o seu 19º jogo consecutivo e já não conhece o sabor da derrota desde Setembro de 2008, em todos os jogos, pois em termos oficiais não perde desde Junho do mesmo ano.

Ficha do Jogo:

Estádio: Nelson Mandela Bay, em Port Elizabth

Árbitro: Yuchi Nishimura (Japão)

HOLANDA - Maarten Stekelenburg; Ooijer, Gregory van der Wier, John Heitinga e Giovanni van Bronckhorst; Mark van Bommel, Nigel De Jong e Wesley Sneijder; Dirk Kuyt, Aaarjen Robben e Robin van Persie

Jogaram Ainda: Klaas-Jan Huntelaar e Rafael Van der Vaart

Suplentes não utilizados: Khalid Boulahrouz, Ibrahim Afella, Vorm, Boschker, Braafheid, De Zeeuw, Schaars, Babel, Joris Mathijsen e Eljero Elia

BRASIL - Júlio César; Maicon, Daniel Alves, Felipe Melo, Lúcio, Juan e Michel Bastos; Gilberto Silva e Kaká; Robinho e Luís Fabiano.

Jogaram Ainda: Nilmar e Gilberto

Suplentes não utilizados: Júlio Baptista, Josué, Grafite, Gomes, Luisão, Thiago Silva, Doni e Kleberson

Disciplina: Cartão amarelo para John Heitinga (14'), Michel Bastos (37'), Gregory van der Wiel (48'), Nigel De Jong (64') e Ooijer (76'). Cartão vermelho directo para Felipe Melo (73')

0 golos

Enviar um comentário

No Futebol "O Desporto Rei" todos os comentários são aceites, desde que os mesmos não contenham qualquer tipo de palavreado não adequado, que impere o respeito e que não sejam com o intuito de fazer apenas e só publicidade. Para este último aspecto, assim como para eventuais trocas de links, façam o favor de nos contactar para o nosso endereço de email (Gmail).

ESTAMOS NAS REDES SOCIAIS:

ESTAMOS NAS REDES SOCIAIS:
Adiciona-nos e ajuda-nos a divulgar um projecto que pretendemos retomar em breve.

Followers

Parcerias:

Parcerias:
A Mística Azul e Branca traz-nos o "Poder Portista".

A Norte de Alvalade traz-nos "De Leão ao peito".

O Blog Geração Benfica traz-nos "Benfica by GB".