Pesquisar neste blogue:

Contador de Visitas:

Web stats powered by www.clubstat.com

Outros pontos de visita:

Ocorreu um erro neste dispositivo

Temas e Assuntos:

Arquivo do blogue

Colaboradores do blog:

-» Futebol

-» T Nogueira

-» Nuno Texas

-» António Fonseca

-» João Miguel Pereira

-» Marcelo Santos

-» Guilherme Pannain

-» Geração Benfica

-» Tiago Ferreira

-» Livre Directo

-» Bruno Miguel Espalha

Vuvuzelas Condenadas

Publicada por Armando Vieira quarta-feira, 21 de julho de 2010

O som monotónico das vuvuzelas que serviu de banda sonora do mundial da África do Sul, o mesmo que, apesar de ser um símbolo da cultura futebolistica sul africana, parece ter sido mais odiado que idolatrado, estará condenado ao silêncio nos palcos ingleses.

São já seis os clubes que proibiram o seu uso nos seus estádios. O primeiro foi o Tottenham seguido do Arsenal, Liverpool, West Ham United, Sunderland e Birmingham City e mais certamente se lhes juntarão até ao inicio da época. O receio de muitos adeptos de terem que suportar o barulho monótono, irritante e até mesmo ensurdecedor nos recintos ingleses está assim a ser apaziguado.

Apesar dos organizadores do mundial terem defendido as vuvuzelas como parte da cultura africana e combatido com sucesso a sua proibição, foram imensas as queixas das cadeias que transmitiram o evento, isto também reflexo do descontentamento das suas audiências, os próprios jogadores se queixaram de não se conseguirem fazer ouvir durante os jogos.

Quando se perspectivou o aparecimento das vuvuzelas nos estádios ingleses, a Premier League nada podia fazer pois não existe nenhuma regra que proíba instrumentos musicais nos estádios, deixando a situação para ser resolvida pelos clubes individualmente. Não demorou muito para que os primeiros clubes tomassem uma posição e até agora nenhum o fez em favor das irritantes cornetas.

Os motivos vão desde a segurança, até à qualidade do espectáculo, passando pela saúde e possíveis desacatos entre os que gostam e os que detestam. Acrescente-se o facto de uma vuvuzela poder causar surdez permanente se alguém for exposto aos 120 decibéis que podem ser atingidos a um metro da sua abertura.

Se se espera que outros clubes sigam o exemplo dos acima mencionados outros há que preferem aguardar para ver o que acontece. A aposta parece ser um tanto arriscada, tanto mais que certos clubes sugerem que serão os próprios adeptos a silenciar aqueles que se atreverem a usar os ditos instrumentos.

Pessoalmente eu abomino as vuvuzelas, acho que retiram todo a magia que o ambiente num jogo de futebol traz. Os clubes que já tomaram uma posição apostam no futebol como o espectáculo total que deve ser. O que se passa nas bancadas é tão importante como o que se passa no campo.
Curiosamente ainda nada se sabe sobre o que se passará em Portugal, talvez não hajam motivos para preocupação.

0 golos

Enviar um comentário

No Futebol "O Desporto Rei" todos os comentários são aceites, desde que os mesmos não contenham qualquer tipo de palavreado não adequado, que impere o respeito e que não sejam com o intuito de fazer apenas e só publicidade. Para este último aspecto, assim como para eventuais trocas de links, façam o favor de nos contactar para o nosso endereço de email (Gmail).

ESTAMOS NAS REDES SOCIAIS:

ESTAMOS NAS REDES SOCIAIS:
Adiciona-nos e ajuda-nos a divulgar um projecto que pretendemos retomar em breve.

Followers

Parcerias:

Parcerias:
A Mística Azul e Branca traz-nos o "Poder Portista".

A Norte de Alvalade traz-nos "De Leão ao peito".

O Blog Geração Benfica traz-nos "Benfica by GB".