Pesquisar neste blogue:

Contador de Visitas:

Web stats powered by www.clubstat.com

Outros pontos de visita:

Ocorreu um erro neste dispositivo

Temas e Assuntos:

Arquivo do blogue

Colaboradores do blog:

-» Futebol

-» T Nogueira

-» Nuno Texas

-» António Fonseca

-» João Miguel Pereira

-» Marcelo Santos

-» Guilherme Pannain

-» Geração Benfica

-» Tiago Ferreira

-» Livre Directo

-» Bruno Miguel Espalha

Liga Zon Sagres: Análise à 1ª jornada

Publicada por Futebol terça-feira, 17 de agosto de 2010

A primeira jornada trouxe algumas surpresas, duas em especial, as derrotas do Sporting e do Benfica, que assim deixam escapar Sp. Braga e FC Porto, que venceram os seus jogos, frente ao Portimonense e Naval respectivamente.
Destaque ainda para as vitórias fora do V. Setúbal e Nacional, frente ao Rio Ave e Marítimo respectivamente, jogos onde as equipas da casa foram melhores, mas acabaram traídas pela eficácia na finalização.

A jornada arrancou na passada 6ª feira, com o Sp. Braga a receber e a vencer o recém-promovido Portimonense, por 3-1. Os minhotos confirmaram o favoritismo e (con)venceram, confirmando o "culto" de vitória já existente em Braga. Quanto aos algarvios, deixaram boas indicações, no entanto insuficientes para travar a equipa de Domingos Paciência, que promete lutar taco a taco pelos primeiros lugares.

No Sábado foram jogados três jogos, comecemos pelo primeiro, o Marítimo x V. Setúbal, que terminou com a vitória da equipa forasteira (0-1), conseguindo assim contrariar o favoritismo dos insulares. O Marítimo era claro favorito à vitória, por diversos motivos, um deles porque à partida para este jogo contava já com quatro jogos oficiais nas pernas, o que à partida lhe conferia maior ritmo de jogo. Isso veio a verificar-se, mas a equipa comandada por Mitchell Van Der Gaag pecou na finalização e numa das poucas ocasiões de golo, o V. Setúbal aproveitou para fazer o tento que lhe iria permitir somar três pontos. Justiça ou injustiça? No futebol a justiça é relativa, e por isso a equipa sadina acaba por ser premiada pela entrega demonstrada durante todo o jogo.

Mais tarde, o FC Porto esteve longe de encantar, mas conseguiu um triunfo sofrido na Figueira da Foz (0-1), diante da Naval. Os azuis e brancos marcaram já perto do final, por Hulk, na conversão de uma grande penalidade. Como já referi, a vitória da equipa comandada por Villas Boas foi sofrida, muito por culpa de uma equipa da Naval que deu boa réplica. Bem organizada e a sair bem para o ataque, a equipa agora comandada por Victor Zvunka incomodou, frente a um FC Porto que esteve algo apático na primeira parte, melhorou na segunda e fez aquilo que lhe "competia", venceu. Hulk foi sempre o jogador mais inconformado, tendo criado algumas ocasiões de perigo. A vitória do FC Porto acaba por premiar a subida de rendimento na segunda parte.

A fechar o dia, o Paços de Ferreira, a jogar em casa, surpreendeu o Sporting, com um golo de Rondon. O Sporting partia para este como favorito, mas sabia de antemão que na Mata Real o Paços cria sempre muitas dificuldades aos seus adversários e assim foi. A equipa leonina até realizou uma boa primeira parte, tendo criado diversas ocasiões de golo, mas a finalização deixou muito a desejar e quando assim é sujeita-se a dissabores. A segunda parte trouxe uma equipa do Paços de Ferreira por cima, com o Sporting a não conseguir controlar o jogo e a sofrer um golo, que a equipa pacense já tinha tentado da mesma forma por duas vezes, à terceira foi de vez e Rondon garantiu três pontos para o Paços. O Sporting não teve a capacidade de controlar o jogo, acabou surpreendido, mas pode queixar-se e muito da falta de eficácia na zona de finalização, especialmente na primeira parte.

Nos jogos disputados na tarde de Domingo, o Nacional da Madeira venceu o Rio Ave em Vila do Conde (0-1), num jogo onde os vila condenses foram claramente superiores, mas acabaram por pecar na finalização e tiveram ainda a infelicidade dos insulares marcarem num lance de muita sorte.

Em Aveiro, Beira Mar e Leiria empataram a zero, num jogo que marcou o regresso da equipa aveirense ao escalão maior do futebol português. O jogo foi fraco, melhorou na segunda parte, com o Beira Mar a procurar a vitória, mas sem conseguir encontrar a fórmula certa.

Ao final de dia, início de noite, o Benfica, campeão em título, recebeu a Académica e acabou surpreendido pelos estudantes, 1-2 foi o resultado final, que foi carimbado nos últimos segundos, com um golaço de Laionel. Depois de uma primeira parte em que os encarnados não se conseguiram impor, muito por culpa de uma Académica que se apresentou na Luz bem organizada e disposta a criar dificuldades à equipa liderada por Jorge Jesus, os segundos quarenta e cinco minutos trouxeram um Benfica dominador e a ter diversas ocasiões para marcar, mas não podemos deixar de referir que a expulsão de Addy, logo no início da segunda parte, contribuiu para o tal "massacre" a que Jorge Jesus se referia no final do jogo. No meio de tantas oportunidades criadas, o melhor que o Benfica conseguiu foi empatar, por Jara, após mais uma excelente iniciativa do incansável Coentrão. Nos últimos segundos do jogo, Laionel, do meio da rua, marcou um excelente golo, que concluiu da melhor maneira um rápido contra-ataque dos estudantes. A Académica acaba por protagonizar a surpresa da jornada, mas deixou boas indicações no Estádio da Luz.

Coube a Olhanense e Guimarães o encerramento desta jornada, jogo que terminou empatado a zero, mas onde os algarvios foram melhores e estiveram sempre mais perto da vitória. A equipa da casa criou diversas ocasiões de golo, mas pecou na finalização, perante um V. Guimarães que se assume candidato à Europa, mas deixou um pouco a desejar para quem se assume a tais andanças.

A primeira jornada que começou numa ponta do país (Braga) e terminou na outra (Olhão), encerra assim com onze golos marcados em oito jogos, numa jornada que fica marcada pelos deslizes de Sporting e Benfica.

Classificação:

Pos.EquipaPJVEDGMGS

1Sp. Braga3110031Jogos
2Académica3110021Jogos
3Nacional3110010Jogos
4P. Ferreira3110010Jogos
5FC Porto3110010Jogos
6V. Setúbal3110010Jogos
7Olhanense1101000Jogos
8V. Guimarães1101000Jogos
9Beira-Mar1101000Jogos
10U. Leiria1101000Jogos
11Benfica0100112Jogos
12Naval0100101Jogos
13Marítimo0100101Jogos
14Rio Ave0100101Jogos
15Sporting0100101Jogos
16Portimonense0100113Jogos

3 golos

  1. Boa tarde, gostei bastante do blog, assim como da linguagem e isenção aplicadas na análise a este artigo. Estariam interessados numa parceria com o nosso site (http://www.evaristotenscadisto.com)?

    Faziamos uma troca de banners a publicitar e, permitiam que utiliza-se-mos estas análises semanais como conteudo no nosso blog, com a devida referencia como é óbvio.


    Esperamos por uma resposta,
    podem enviar mail para admin@evaristotenscadisto.com ou ohevaristotenscadisto.blog@gmail.com

    Com os melhores cumprimentos,
    A Equipa do Evaristo

     
  2. Anónimo Says:
  3. Bom dia ,mas que cena o Portimonense em ultimo,e porque razão de baixo para cima a segiur está o Sporting e não o benfica?
    Colocaram a Académica em segundo, então porque não colocam o benfica em segundo, também,mas a contar de baixo?
    É nisto que se vê e imparcialidade do site?

    Vamos lá rectififcar isso ,força Braça...

     
  4. Anónimo Says:
  5. ho anonimo, aquela tabela foi retirada do ZeroZero...
    Eles não têm responsabilidade nenhuma quanto a isso...

     

Enviar um comentário

No Futebol "O Desporto Rei" todos os comentários são aceites, desde que os mesmos não contenham qualquer tipo de palavreado não adequado, que impere o respeito e que não sejam com o intuito de fazer apenas e só publicidade. Para este último aspecto, assim como para eventuais trocas de links, façam o favor de nos contactar para o nosso endereço de email (Gmail).

ESTAMOS NAS REDES SOCIAIS:

ESTAMOS NAS REDES SOCIAIS:
Adiciona-nos e ajuda-nos a divulgar um projecto que pretendemos retomar em breve.

Followers

Parcerias:

Parcerias:
A Mística Azul e Branca traz-nos o "Poder Portista".

A Norte de Alvalade traz-nos "De Leão ao peito".

O Blog Geração Benfica traz-nos "Benfica by GB".