Pesquisar neste blogue:

Contador de Visitas:

Web stats powered by www.clubstat.com

Outros pontos de visita:

Ocorreu um erro neste dispositivo

Temas e Assuntos:

Arquivo do blogue

Colaboradores do blog:

-» Futebol

-» T Nogueira

-» Nuno Texas

-» António Fonseca

-» João Miguel Pereira

-» Marcelo Santos

-» Guilherme Pannain

-» Geração Benfica

-» Tiago Ferreira

-» Livre Directo

-» Bruno Miguel Espalha

Liga Zon Sagres: Análise à 3ª jornada

Publicada por Futebol terça-feira, 31 de agosto de 2010

Ao fim de três jornadas, só o FC Porto conta por vitórias todos os jogos até agora realizados, sendo por isso líder isolado da prova. O Nacional, que acompanhava os "dragões" na liderança, somou a primeira derrota na prova, frente a um V. Guimarães que por sua vez conquistou a primeira vitória. O maior destaque (embora sem surpresa) vai para a primeira vitória do Benfica, que derrotou o V. Setúbal na Luz. Olhanense e Beira Mar também triunfaram pela primeira vez, perante U. Leria e Académica. respectivamente. De destacar ainda nova vitória do Sporting, assim como o regresso do Sp. Braga às vitórias, perante um Marítimo que tarda em conquistar pontos, mas deixou uma boa imagem no Estádio AXA. O Paços de Ferreira continua sem perder, somando o segundo empate consecutivo (depois de uma vitória na ronda inaugural frente ao Sporting), desta feita perante o Portimonense, que somou o primeiro ponto na prova.

No primeiro jogo da jornada, o V. Guimarães foi ao terreno do Nacional vencer por 1-3, protagonizando a surpresa da jornada. Os insulares até se adiantaram no marcador, mas um "hat trick" de Toscano garantiu a reviravolta aos minhotos. Uma estreia de sonho para este avançado, que trouxe à equipa de Manuel Machado aquilo que até aqui ainda não tinha conseguido, golos.

Horas depois, o Benfica alcançava os primeiros pontos no campeonato. Os encarnados receberam e venceram o V. Setúbal, por uns esclarecedores 3-0, num jogo que acabou por ser fácil, mas que a história podia ter sido bem diferente. A equipa de Jorge Jesus marcou logo nos minutos iniciais, por Cardozo e os encarnados pareciam ter tudo para embalar para um jogo tranquilo, mas aos 22m e após um atraso "deficiente" de Maxi Pereira, Júlio César não consegue dominar a bola da melhor maneira e acaba por derrubar Zeca. O guarda-redes brasileiro seria expulso, Roberto que tinha sido preterido, foi chamado à equipa e defende a grande penalidade, para gáudio dos adeptos encarnados. Roberto, até aqui a "besta", passava a "bestial", segurando a vantagem do Benfica, que mesmo reduzido a dez elementos, nunca tremeu e construiu um resultado tranquilo. Uma última nota para a incapacidade da equipa sadina, que jogando com mais um elemento durante quase todo o jogo, nunca foi capaz de colocar o Benfica em sentido. Mérito dos encarnados é certo, mas não podia deixar passar em claro esta situação.

Já no Domingo, a jogar em casa, o Beira Mar obteve o primeiro triunfo da temporada (2-1), diante da Académica. Vitória justa dos aveirenses, perante um adversário de quem se esperaria mais.

No Paços de Ferreira x Portimonense, igualdade a duas bolas, num resultado que se pode dizer que seja justo. A equipa algarvia esteve por duas vezes em vantagem, mas não conseguiu segurar a mesma. De saudar os quatro golos marcados neste jogo, assim como o primeiro ponto conquistado pelo Portimonense.

Num jogo em que ambas as equipas procuravam a primeira vitória (vinham de dois empates), foi o Olhanense quem levou a melhor, frente à U. Leiria. Um golo solitário de Nuno Piloto, logo aos 18m, garantiu uma vitória justa da equipa algarvia, perante um adversário que pouco incomodou.

No rescaldo do brilhante triunfo europeu, o Sp. Braga levou de vencido o Marítimo por 1-0, num jogo em que os insulares deram boa conta de si, mas acabaram "traídos" pelo "tiro" de Sílvio à entrada de área. O Sp. Braga demonstra que o 2º lugar da época passada não foi um mero acaso.

No último jogo do dia, o FC Porto foi a Vila do Conde vencer o Rio Ave (0-2). Um bis de Hulk garantiu aos "dragões" o terceiro triunfo em outros tantos jogos. A equipa de Carlos Brito foi um opositor de respeito, mas tal como tem acontecido neste início de época, Hulk voltou a resolver. Há quem diga que este FC Porto não enche as medidas, mas certo é que é a única portuguesa que soma por vitórias todos os jogos oficiais realizados até agora, e já lá vão seis.

No jogo de encerramento da jornada, o Sporting venceu por 1-3, na deslocação ao reduto da Naval. A equipa de Paulo Sérgio dominou por completo, acabando por obter um triunfo justo. A Naval jogou demasiado encolhida e pouco incomodou o Sporting.

Feitas as contas, à 3ª jornada o FC Porto é líder isolado, depois de uma ronda que contabilizou vinte e dois golos marcados, mais um do que tinha sido marcado até agora no somatório das duas jornadas realizadas.

0 golos

Enviar um comentário

No Futebol "O Desporto Rei" todos os comentários são aceites, desde que os mesmos não contenham qualquer tipo de palavreado não adequado, que impere o respeito e que não sejam com o intuito de fazer apenas e só publicidade. Para este último aspecto, assim como para eventuais trocas de links, façam o favor de nos contactar para o nosso endereço de email (Gmail).

ESTAMOS NAS REDES SOCIAIS:

ESTAMOS NAS REDES SOCIAIS:
Adiciona-nos e ajuda-nos a divulgar um projecto que pretendemos retomar em breve.

Followers

Parcerias:

Parcerias:
A Mística Azul e Branca traz-nos o "Poder Portista".

A Norte de Alvalade traz-nos "De Leão ao peito".

O Blog Geração Benfica traz-nos "Benfica by GB".