Pesquisar neste blogue:

Contador de Visitas:

Web stats powered by www.clubstat.com

Outros pontos de visita:

Ocorreu um erro neste dispositivo

Temas e Assuntos:

Arquivo do blogue

Colaboradores do blog:

-» Futebol

-» T Nogueira

-» Nuno Texas

-» António Fonseca

-» João Miguel Pereira

-» Marcelo Santos

-» Guilherme Pannain

-» Geração Benfica

-» Tiago Ferreira

-» Livre Directo

-» Bruno Miguel Espalha

Benfica by GB (Blog Geração Benfica)

Publicada por Futebol quarta-feira, 1 de setembro de 2010

Clausula de Rescisão

Os tempos modernos, o dinheiro avultado e as SAD, trouxeram-nos o termo "Clausula de Rescisão". De repente essa expressão virou o "selo e sonho" dos adeptos. Aparece um Balboa, ao ter uma clausula de 20M, ficam logo todos a sonhar com as exibições e os colossos a correr atrás aos empurrões uns aos outros para conquistarem o craque.

Curiosamente, essa expressão perde e ganha valor ao sabor das necessidades:

Quando é hora de assinar o contrato, essa expressão sustenta os empresários para "chorar" chorudos ordenados aos clubes, a troco do sonho de um dia eles aparecerem com o clube que pagará essa "verba milionária".

Curiosamente, quando os empresários piscam o olho às chorudas comissões das transferências, rapidamente se esquecem do que haviam acordado e procuram demonstrar aos clubes vendedores a "oportunidade" de fazer entrar uma verba choruda, ainda que em alguns casos seja mais de 50% inferior à dita clausula.

Institui-se assim a ideia de que os jogadores e empresários têm toda a legitimidade para obrigar a cumprir e superar os contratos mas... forçar a quebra-los! É aqui que entra a necessidade de ter dirigentes suficientemente habilidosos e "profissionais" para gerir estas questões.

É precisamente neste factor que o Presidente, e demais estrutura do SLBenfica falha! Há quase 10 anos no clube, com muito lixo comprado, mas alguns craques que passaram pelo clube, nunca tivemos a habilidade negocial e desportiva para sequer uma transferência no valor da clausula. Nem uma...

Há duas circunstâncias em que admito uma transferência de um jogador de qualidade: Quando o Clube precisa efectivamente de dinheiro, o que indicia uma gestão virada para as mais valias extraordinárias e não para o sucesso desportivo, colocando os custos acima das possibilidades; Ou quando o jogador tem pouco mercado e se abre uma oportunidade para substituir um jogador de qualidade por outro de ainda maior qualidade, olhemos a uma hipotética transferência de Cebola para entrar Reyes, por exemplo.

Em teoria, Luis Filipe Vieira tem sido senhor de uma gestão exemplar e em crescimento, assim como sustentada, o que à partida coloca de parte a hipótese de o SLBenfica estar dependente da venda de DiMaria. Esse factor perde ainda mais relevância quando se sabe antecipadamente que a saída de Ramires é inevitável à luz dos acordos prévios. Mais relevância ainda perde quando vemos que o valor investido em aquisições é quase igual ao recebido pelas transferências (ou ainda maior). Ora, se não era para entrar dinheiro, se não estava na "forja" uma aquisição que mantivesse ou superiorizasse em qualidade, o que pode explicar deixar sair por quase metade (25M) da clausula(40M) um jogador que era simplesmente o melhor da Liga e do Clube... um daqueles que "vale o bilhete" em qualquer estádio do Mundo?

A história pergunta o mesmo sobre Ramires, Simão, Tiago, Manuel Fernandes, etc. O que pode justificar este comportamento? O que pode justificar, perante os jogadores que fazem a diferença o SLBenfica não ser intransigente nas clausulas e, ao mesmo tempo, procurar investir no jogador melhorando as suas condições na medida do possível e fazendo ver os empresários que a sua função e para o qual recebem o dinheiro é aparecer com as clausulas?

Fica a duvida.

Crónica semanal do blog GeraçãoBenfica para o Futebol "O Desporto rei" .

3 golos

  1. Caro GB,
    Acho que a sua análise está correcta, mas parte de um pressuposto errado, isto é, a saúde financeira do clube da Luz, faça todo o raciocínio mediante o prisma da necessidade premente de fazer dinheiro para fazer face aos custos correntes do clube e verá que as peças encaixam na perfeição.
    A culpa é dessa politica de charme e de engano que esta direcção está a fazer, empurrando tudo para o futuro para dar uma boa imagem no presente, quem vier a seguir que se preocupe com as contas.

     
  2. Se reparar eu faço essas contas.

    Se estamos assim tao mal porque raio entram apenas 40% de 25M e 50% de 22M quando gastamos 35M?

    Ou seja gastamos mais do que recebemos. Logo, cai a teoria

     
  3. Então sinceramente não percebo qual é a dúvida, o Benfica vende abaixo das clausulas de rescisão porque tem que fazer dinheiro.
    As clausulas valem o que valem, é o mercado que vai dizer qual é o valor real dos jogadores, e visto por esse prisma até acho que o negócio do Di Maria foi excelente, uma vez que o do Ramires já estava feito à partida.
    A teoria de que fala é que o Benfica vendeu o Dí Maria e o Ramires para fazer mais valias e não as fez porque entretanto gastou mais do que encaixou, mas isso revela a má gestão da direcção benfiquista que investiu largos milhões em Janeiro, sem saber por quanto iria vender Dí Maria e Ramires. Pelas palavras do seu Presidente seriam vendidos pelos valores das clausulas e aí o Benfica teria feito mais valias, mas com a precipitação do mercado de Inverno, a contar com o ovo no dito da galinha, o saldo da balança de transferências tinha que ser negativo, pois o mercado não deu ao Benfica aquilo que ele esperava.

     

Enviar um comentário

No Futebol "O Desporto Rei" todos os comentários são aceites, desde que os mesmos não contenham qualquer tipo de palavreado não adequado, que impere o respeito e que não sejam com o intuito de fazer apenas e só publicidade. Para este último aspecto, assim como para eventuais trocas de links, façam o favor de nos contactar para o nosso endereço de email (Gmail).

ESTAMOS NAS REDES SOCIAIS:

ESTAMOS NAS REDES SOCIAIS:
Adiciona-nos e ajuda-nos a divulgar um projecto que pretendemos retomar em breve.

Followers

Parcerias:

Parcerias:
A Mística Azul e Branca traz-nos o "Poder Portista".

A Norte de Alvalade traz-nos "De Leão ao peito".

O Blog Geração Benfica traz-nos "Benfica by GB".