Pesquisar neste blogue:

Contador de Visitas:

Web stats powered by www.clubstat.com

Outros pontos de visita:

Ocorreu um erro neste dispositivo

Temas e Assuntos:

Arquivo do blogue

Colaboradores do blog:

-» Futebol

-» T Nogueira

-» Nuno Texas

-» António Fonseca

-» João Miguel Pereira

-» Marcelo Santos

-» Guilherme Pannain

-» Geração Benfica

-» Tiago Ferreira

-» Livre Directo

-» Bruno Miguel Espalha

MLS 2009 - a análise

Publicada por António Fonseca segunda-feira, 23 de novembro de 2009

A Major League Soccer terminou ontem, com a equipa de Salt Lake City, o Real Salt Lake (equipa que detem um protocolo de cooperação com o Real Madrid) a bater o Los Angeles Galaxy na marcação de pontapés da marca de grande penalidade, isto após o empate no final do tempo regulamentar, sagrando-se vencedora da MLS Cup.

O mais fascinante, ou não, dependente dos gostos de cada um, é que o formato da MLS é bem diferente daquilo a que estamos habituados. De facto, o Columbus Crew, com Schelotto, velha glória do Boca Juniors, a brilhar, foi o vencedor da época regular, e por isso conquistou o Supporter's Shiels, que é como que diz, o campeão.
Contudo, e bem à americana, as coisas não têm piada se não forem a play-off, e nesse aspecto, o oitavo classificado da época regular acabou por ser o vencedor da MLS Cup, que é o título dos títulos, pelo que a equipa do Utah conquistou assim o seu primeiro título do género.

Com todo o mérito, os novos campeões já haviam deixado para trás o Columbus Crew com duas vitórias nos dois jogos, e com mais dificuldade os Chicago Fire (5º na época regular), estes também pelo desempate em pontapés da marca de grande penalidade.

A equipa de Salt Lake, que não apresentava nas fileiras qualquer jogador de referência - era aliás uma das que menor orçamento tinha, acabou por vencer uma competição sem que nas duas últimas eliminatórias tenha vencido o jogo no tempo regulamentar. Curiosamente, apurou-se para os play-offs com 40 pontos, tantos como o 9º e 10º classificado que ficaram de fora..... incrível.

Resta então dar uma vista de olhos sobre o resto da competição.
Os maiores favoritos - LA Galaxy -, por terem o maior orçamento e contarem com David Beckam e Landon Donovan, acabaram por ser não uma desilusção mas uma frustração pois perderam a final nos penalties, e já na época regular ficaram a um ponto do título.
Toronto FC (de Gúzman, notabilizado ao serviço do Corunha), San Jose Earthquakes (de André Luiz e Huckerby), e Kansas City Wizards (de Claudio López), favoritos a seguir aos Galaxy, não conseguiram sequer atingir os play-off, pelo que foram desapontantes.
Colorado Rapids, FC Dallas e DC United, estes últimos com menor orçamento do que é normal, também não atingiram os play-off, o que acabou por ser uma "meia" desilusão.
Numa liga, à americana, muito equilibrada em termos de planteis - convém retirar a equipa de LA da lista -, saliento a prestação dos New England Revolution, com Edgaras Jankauskas já nos 34 anos a fazer apenas 12 jogos e 2 golos, e que à semelhança da equipa da capital tinha um orçamento abaixo de outros anos, mas ainda assim conseguiu jogar a fase final.

A outra grande sensação foi Houston Dynamo que, a par com os vencedores da MLS Cup, tinham um dos mais fracos orçamentos. Ainda assim, foram vice-campeões da época regular, e só foram afastados da final pelos LA Galaxy no prolongamento.

Para a próxima época, a MLS vai aumentar de 15 para 16 equipas, ou "franchises" como os americanos gostam de particularizar, com Philadelphia a apresentar os "Union". Note-se que este 2009 foi o ano de estreia dos Seattle Sounders, que por sinal nem foi mau (terminaram em 4º lugar).
Para 2011, Portland (com os "Timbers") e Vancouver vão-se juntar ao grupo.
Para 2012, ainda não saiu de fundo o espectro de uma proposta para franchise conjunta entre o empresário boliviano Marcelo Claure e ....o Barcelona. Nos últimos dias, tem vindo a ganhar muita força a hipótese de ...David Beckham, ele próprio, adquirir um franchising com vista à 20ª equipa da liga. Para já, e segundo o comissário da MLS, ele tem o direito de opção nesse sentido, e o jogador pôs a hipótese claramente em cima da mesa.

E assim vamos vendo os Estados Unidos a crescerem no desporto rei.

0 golos

Enviar um comentário

No Futebol "O Desporto Rei" todos os comentários são aceites, desde que os mesmos não contenham qualquer tipo de palavreado não adequado, que impere o respeito e que não sejam com o intuito de fazer apenas e só publicidade. Para este último aspecto, assim como para eventuais trocas de links, façam o favor de nos contactar para o nosso endereço de email (Gmail).

ESTAMOS NAS REDES SOCIAIS:

ESTAMOS NAS REDES SOCIAIS:
Adiciona-nos e ajuda-nos a divulgar um projecto que pretendemos retomar em breve.

Followers

Parcerias:

Parcerias:
A Mística Azul e Branca traz-nos o "Poder Portista".

A Norte de Alvalade traz-nos "De Leão ao peito".

O Blog Geração Benfica traz-nos "Benfica by GB".