Pesquisar neste blogue:

Contador de Visitas:

Web stats powered by www.clubstat.com

Outros pontos de visita:

Ocorreu um erro neste dispositivo

Temas e Assuntos:

Arquivo do blogue

Colaboradores do blog:

-» Futebol

-» T Nogueira

-» Nuno Texas

-» António Fonseca

-» João Miguel Pereira

-» Marcelo Santos

-» Guilherme Pannain

-» Geração Benfica

-» Tiago Ferreira

-» Livre Directo

-» Bruno Miguel Espalha

Poder Portista

Publicada por Futebol quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Killer instinct” e coisas da Champions

O FC Porto não foi capaz de superar o Chelsea e ascender ao 1º lugar. A equipa esteve solta, lutou e ameaçou. Mas não chegou. Não deslumbrou, nem desmereceu. Mas ganhou confiança e com (quase) todas as opções disponíveis o técnico Jesualdo só pode fazer a equipa crescer, daqui para a frente e quando mais é preciso para recuperar o terreno perdido.


A Champions é só lá para a Primavera e em Madrid decerto jogará uma equipa alternativa na sua totalidade. As provas domésticas ganham relevo exclusivo doravante e a capacidade do plantel ficará à prova em toda a sua extensão e profundidade.


Mas a falta do “killer instinct”, sempre patente nos jogos com o supercompetitivo Chelsea, não sendo pecha de agora, é limitativo na Europa. Ao mais alto nível, quem não marca sofre. Anelka deu os exemplos esta época. E em 2009 o FC Porto perdeu no Dragão com duas equipas inglesas, a nata da nata da Premiership, com quem nunca tinha perdido em casa. Foi por pouco, mas foi o suficiente. E tanto para lembrar a velha expressão de “sir” Bobby Robson: é preciso acabar com o jogo, “matar” o adversário. Esse instinto, porém, custa muito caro, além de se adquirir com o tempo.


Alguns portistas ficaram pouco convencidos das melhorias da equipa, depois do zero absoluto de jogo registado frente ao Marítimo. Mas as notas individuais dão confiança de que a equipa, tudo somado, volte a entrar nos eixos.


E se o resultado, de facto, não era o primordial frente ao Chelsea, a verdade é que a jornada desta semana na Champions, com apenas mais uma por disputar, não permitiu qualquer novo apurado para a fase seguinte. Isto é, a qualificação portista obtida a duas jornadas do final ganha relevo maior. Vamos para a última jornada e, além de algumas equipas “caírem” em definitivo para a prova de “salvação da época” que é a Liga Europa, há outras que vão ficar na expectativa até final, incluindo o Milan, o Real Madrid, o Inter e mesmo o… Barcelona.


Na Champions o “killer instinct” faz a diferença. São coisas da “alta-roda”. E até os ingleses sofrem com elas. O Liverpool, estranhamente relegado para a Liga Europa, lambe as suas feridas por causa de dois golos sofridos nos últimos instantes com o Lyon: perdeu em Anfield aos 90’ e sofreu o empate, por Lisandro, já nos descontos em França. É o sortilégio do futebol. Os “reds” não tiveram sorte, não tiveram o seu “killer instinct” depois de terem ganho vantagem em ambas as partidas. No seu caso, não é questão de falta de dinheiro, soluções (Torres continua lá), nem de tempo. É preciso sorte. Assim o talento dá mais frutos. Também não estava à espera de ver a Juventus superada com facilidade pelo Bordéus e em dois lances de… bola parada.


Outras coisas da Champions, menos valorizadas na era da globalização e queda das barreiras no mercado de transferências, é notar que o FC Porto apresentou frente ao Chelsea Beto, Rolando, Bruno Alves, Raul Meireles e Varela como internacionais portugueses. Do outro lado estava até Deco, num onze de Ancelotti que de internacional inglês só tinha o capitão Terry (depois entrou Joe Cole).


Isto um dia depois de o cosmopolita onze de Mourinho não conter qualquer italiano no onze, face a um Barcelona que não tinha só uma grande maioria de espanhóis, mas sim sete ou oito produtos da sua formação.


Vale a pena pensar nisto.


Crónica semanal do blog Portistas de Bancada para o Futebol "O desporto rei"

2 golos

  1. Anónimo Says:
  2. Mais um bom post.

     
  3. Anónimo Says:
  4. Vale a pena pensar que o Porto é actualmente uma das melhores equipas europeias, tem-no comprovado em campo com boa exibições e estas a trazerem bons resultados, não só em campo como nos cofres, com vendas de valores iguais ou superiores Às melhores equipas europeias.

    Rui Santos

     

Enviar um comentário

No Futebol "O Desporto Rei" todos os comentários são aceites, desde que os mesmos não contenham qualquer tipo de palavreado não adequado, que impere o respeito e que não sejam com o intuito de fazer apenas e só publicidade. Para este último aspecto, assim como para eventuais trocas de links, façam o favor de nos contactar para o nosso endereço de email (Gmail).

ESTAMOS NAS REDES SOCIAIS:

ESTAMOS NAS REDES SOCIAIS:
Adiciona-nos e ajuda-nos a divulgar um projecto que pretendemos retomar em breve.

Followers

Parcerias:

Parcerias:
A Mística Azul e Branca traz-nos o "Poder Portista".

A Norte de Alvalade traz-nos "De Leão ao peito".

O Blog Geração Benfica traz-nos "Benfica by GB".