Pesquisar neste blogue:

Contador de Visitas:

Web stats powered by www.clubstat.com

Outros pontos de visita:

Ocorreu um erro neste dispositivo

Temas e Assuntos:

Arquivo do blogue

Colaboradores do blog:

-» Futebol

-» T Nogueira

-» Nuno Texas

-» António Fonseca

-» João Miguel Pereira

-» Marcelo Santos

-» Guilherme Pannain

-» Geração Benfica

-» Tiago Ferreira

-» Livre Directo

-» Bruno Miguel Espalha

Demonstração da força encarnada (mais uma)

Publicada por Futebol segunda-feira, 5 de abril de 2010



No fecho da 25ª jornada, o Benfica foi à Figueira da Foz vencer a Naval, por 4-2, num jogo onde os encarnados estiveram a perder por 2-0. Grande entrada da Naval, que marcou por duas vezes em doze minutos, Fábio Júnior (2m) e Bolívia (12m) foram os autores dos golos, mas um golo de Weldon aos 16m, iria dar início à reviravolta dos encarnados. Dois minutos volvidos, Weldon iria marcar de novo, bisando na partida e reestabelecendo o empate, desta feita a duas bolas. O Benfica estava por cima, mas a Naval podia ter-se adiantado novamente no marcador, mas Quim impediu Camora de marcar, na recarga Alex Hauw podia ter marcado mas atirou frouxo e o guarda-redes do Benfica defendeu facilmente. Não marcou a Naval, marcou o Benfica. Tudo começou num grande passe de David Luiz a desmarcar Di Maria, o argentino apareceu nas costas da defesa da Naval e com um toque subtil, desvia a bola de Peiser e coloca o Benfica na frente do marcador, decorria então o minuto 38. Até ao intervalo, o resultado não viria a sofrer alterações.

Já na 2ª parte e com dez minutos jogados, novo golo do Benfica. Cardozo abre na direita para Weldon, a defesa da Naval fica a ver jogar, talvez pensando que o avançado brasileiro não chegaria a tempo de apanhar a bola, certo é que este consegue impedir que o esférico saia pela linha de fundo, atrasa para Ruben Amorim, que remata para defesa de Peiser e na recarga Cardozo aparece a encostar para o 4-2.
Até final o Benfica continuou por cima, chegou por diversas vezes com perigo junto da baliza de Peiser, que voltou a estar em grande plano, pelo meio a Naval também dispôs de uma boa oportunidade para marcar, mas o resultado não viria a sofrer alterações.

O Benfica esteve a perder, sofreu dois golos nos primeiros doze minutos, mas mais uma vez deu mostras da sua enorme capacidade e deu a volta a um jogo que se adivinhava difícil, mas que em pouco tempo os encarnados descomplicaram. Já agora, uma palavra para Weldon, chamado à titularidade, por força da lesão de Saviola, o avançado brasileiro correspondeu com dois golos.

Contas feitas, mais uma vitória e o Benfica parte para o derby com o Sporting, com seis pontos de vantagem sobre o Sp. Braga, segundo classificado da Liga Sagres.

5 golos

  1. Anónimo Says:
  2. Como diz o grande Jorge Jesus, somos MUITA fortes. Ninguém pára o Benfica allez oh

     
  3. Anónimo Says:
  4. WellDone

     
  5. Anónimo Says:
  6. mais uma demonstração que o Benfica merece ser campeão ;)

     
  7. Futebol Says:
  8. Sim sem dúvida, este Benfica de JJ tem sido fantástico. E digo de JJ, porque se o Benfica tem optado por outro técnico, acho difícil que fizesse algo do género.

     
  9. Anónimo Says:
  10. nem mais futebol ;)

     

Enviar um comentário

No Futebol "O Desporto Rei" todos os comentários são aceites, desde que os mesmos não contenham qualquer tipo de palavreado não adequado, que impere o respeito e que não sejam com o intuito de fazer apenas e só publicidade. Para este último aspecto, assim como para eventuais trocas de links, façam o favor de nos contactar para o nosso endereço de email (Gmail).

ESTAMOS NAS REDES SOCIAIS:

ESTAMOS NAS REDES SOCIAIS:
Adiciona-nos e ajuda-nos a divulgar um projecto que pretendemos retomar em breve.

Followers

Parcerias:

Parcerias:
A Mística Azul e Branca traz-nos o "Poder Portista".

A Norte de Alvalade traz-nos "De Leão ao peito".

O Blog Geração Benfica traz-nos "Benfica by GB".