Pesquisar neste blogue:

Contador de Visitas:

Web stats powered by www.clubstat.com

Outros pontos de visita:

Ocorreu um erro neste dispositivo

Temas e Assuntos:

Arquivo do blogue

Colaboradores do blog:

-» Futebol

-» T Nogueira

-» Nuno Texas

-» António Fonseca

-» João Miguel Pereira

-» Marcelo Santos

-» Guilherme Pannain

-» Geração Benfica

-» Tiago Ferreira

-» Livre Directo

-» Bruno Miguel Espalha

Mundial 2010 - Grupo D: Alemanha 4 - 0 Austrália

Publicada por Gonçalo Nuno Oliv domingo, 13 de junho de 2010



Crónico candidato ao título, a Alemanha não deixou créditos em mãos alheias na sua estreia na África do Sul, protagonizando um arranque auspicioso com quatro golos sem resposta, num jogo referente ao Grupo D. Os “Cangurus” entraram mais preocupados a defender do que atacar, dando poucos espaços aos homens da frente da selecção alemã. Porém, logo aos 8 minutos, Lukas Podolski marcou o primeiro golo numa boa jogada de envolvimento dos pupilos de Joachim Low. O avançado, que actuou como extremo esquerdo foi uma das figuras da noite, tendo sido depois substituído por Marko Marin aos 81 minutos. A meu ver, notou-se que o “Príncipe de Colónia” está muito mais “jogador”, com mais sentido táctico e uma mentalidade completamente diferente.

A “Mannschaft” não perdeu a organização e, 20 minutos volvidos, Klose dilatou a vantagem com um excelente cabeceamento, depois de um cruzamento “teleguiado” de Philip Lahm. Chegou o intervalo e os alemães já ganhavam por 2-0.

O segundo tempo começou tal como os primeiros 45’, sem grande entrosamento dos jogadores australianos. Para além disso, Tim Cahill recebeu ordem de expulsão ao minuto 56, devido a uma entrada sobre Schweinsteiger. Devido à expulsão do jogador do Everton, a formação australiana desequilibrou-se emocionalmente e os pupilos de Low aproveitaram a vantagem numérica, e novamente numa grande jogada de envolvimento, Thomas Muller fez o 3-0 (68 minutos). O brasileiro naturalizado alemão Cacau, que um minuto depois do terceiro golo da equipa germânica substituiu Miroslav Klose, entrou para fazer o último tento da noite, aos 70 minutos, e deixar o seu nome na lista de marcadores.

A Alemanha ascende assim à primeira posição do Grupo D, voltando assim a entrar em campo na próxima sexta-feira, para defrontar a Sérvia. A Austrália mede forças com o Gana.

ALGUNS DESTAQUES:

ALEMANHA – Num sistema táctico 4x5x1, o corredor direito alemão – formado por Lahm e Muller - foi bastante perigoso para a defensiva australiana, provocando grandes desequilíbrios. Mesut Ozil, que jogou no vértice mais avançado do meio-campo, impressionou-me bastante; muito bom tecnicamente e tacticamente. Acrescenta criatividade a uma selecção que é por norma deficitária nessa característica tão decisiva no jogo moderno.

0 golos

Enviar um comentário

No Futebol "O Desporto Rei" todos os comentários são aceites, desde que os mesmos não contenham qualquer tipo de palavreado não adequado, que impere o respeito e que não sejam com o intuito de fazer apenas e só publicidade. Para este último aspecto, assim como para eventuais trocas de links, façam o favor de nos contactar para o nosso endereço de email (Gmail).

ESTAMOS NAS REDES SOCIAIS:

ESTAMOS NAS REDES SOCIAIS:
Adiciona-nos e ajuda-nos a divulgar um projecto que pretendemos retomar em breve.

Followers

Parcerias:

Parcerias:
A Mística Azul e Branca traz-nos o "Poder Portista".

A Norte de Alvalade traz-nos "De Leão ao peito".

O Blog Geração Benfica traz-nos "Benfica by GB".