Pesquisar neste blogue:

Contador de Visitas:

Web stats powered by www.clubstat.com

Outros pontos de visita:

Ocorreu um erro neste dispositivo

Temas e Assuntos:

Arquivo do blogue

Colaboradores do blog:

-» Futebol

-» T Nogueira

-» Nuno Texas

-» António Fonseca

-» João Miguel Pereira

-» Marcelo Santos

-» Guilherme Pannain

-» Geração Benfica

-» Tiago Ferreira

-» Livre Directo

-» Bruno Miguel Espalha

Prévia: Brasil x Coréia do Norte. Análise tática

Publicada por Esquemas Táticos terça-feira, 15 de junho de 2010

O jogo entre Brasil e Coréia do Norte fecha a primeira rodada do Grupo G. Da primeira selecção deve-se esperar o óbvio no que diz respeito ao esquema táctico. Será um 4-2-3-1 "torto", como define o auxiliar de Dunga, Jorginho, ou o 4-3-2-1, como preferem outros analistas. Sobre a Coréia do Norte pouco se sabe, mas ela atuou nos amistosos pré-Copa num 4-4-2 com duas linhas de quatro.

A variação do esquema norte-coreano pode ser um 4-4-1-1, com um meia-atacante voltando para auxiliar a marcação à frente da linha de quatro no meio ou se integrando a ela e formando uma linha de cinco. Os jogadores são muito rápidos e aplicados na marcação. O melhor jogador do time é o camisa 9 Jong Tae-Se, que atua no Japão.

Brasil



O 4-2-3-1 do Brasil é "torto" porque tem, na linha de três do meio-campo, um volante/meia pela direita (Elano) e um meia-atacante pela esquerda (Robinho). Kaká é o meia-atacante pelo centro. Os dois volantes destructivos (Felipe Melo e Gilberto Silva) raramente aparecem no campo ofensivo. Contra a Coréia do Norte, o técnico Dunga deve liberar Felipe Melo para atuar mais à frente. Mas não muito, já que o lateral-esquerdo Michel Bastos é muito ofensivo e será coberto por Felipe Melo. Do outro lado, quem cobre os avanços do lateral-direito Maicon é Elano.

A defesa vem com Maicon na lateral direita, Lúcio como defensor pela direita, Juan como defensor pela esquerda e Michel Bastos na lateral esquerda. Maicon tem liberdade para atacar e prioriza as jogadas de linha de fundo. Michel Bastos também vai muito ao ataque, prefere os cruzamentos da intermediária e chuta muito bem de fora da área. No Lyon, Michel Bastos atua como meia-atacante pela direita. É o batedor de faltas frontais do time.

O meio-campo conta com dois volantes exclusivamente marcadores: Gilberto Silva pela direita e pelo centro e Felipe Melo pela esquerda, com alguma liberdade para chegar à frente. Felipe Melo é o responsável pela saída de bola. Elano é meia/volante pela direita e centraliza muito as jogadas. Ele bate as faltas laterais. Kaká é o meia-atacante pelo centro e Robinho o meia-atacante pela esquerda, chegando à linha de fundo e também entrando em diagonal pelo centro. Como Kaká não está no melhor de sua forma física, Robinho também faz a articulação, circulando muito no meio-campo.

Luís Fabiano é o centroavante.

Kaká e Robinho fazem a primeira marcação no meio-campo e aparecem como atacantes quando tomam a bola. Como têm muita velocidade, são os responsáveis por armar os contra-ataques, principal arma da seleção de Dunga. Quando Ramires está em campo, ele também ajuda a puxar os contra-ataques.

Por Marcelo Costa, do Blog Esquemas Táticos.

1 Responses to Prévia: Brasil x Coréia do Norte. Análise tática

  1. Anónimo Says:
  2. Vamos lutar até o fim se Deus quiser nós ganharemos a copa de 2014.

     

Enviar um comentário

No Futebol "O Desporto Rei" todos os comentários são aceites, desde que os mesmos não contenham qualquer tipo de palavreado não adequado, que impere o respeito e que não sejam com o intuito de fazer apenas e só publicidade. Para este último aspecto, assim como para eventuais trocas de links, façam o favor de nos contactar para o nosso endereço de email (Gmail).

ESTAMOS NAS REDES SOCIAIS:

ESTAMOS NAS REDES SOCIAIS:
Adiciona-nos e ajuda-nos a divulgar um projecto que pretendemos retomar em breve.

Followers

Parcerias:

Parcerias:
A Mística Azul e Branca traz-nos o "Poder Portista".

A Norte de Alvalade traz-nos "De Leão ao peito".

O Blog Geração Benfica traz-nos "Benfica by GB".